Posts

Dia mundial do Doador de Sangue

O dia mundial do doador de sangue é celebrado em 14 de junho. A doação de sangue é um ato altruísta e totalmente voluntário. Dependem desse ato solidário pessoas que se submetem a tratamentos planejados e intervenções médicas urgentes de grande porte e complexidade, como transfusões, transplantes e procedimentos oncológicos. O sangue é imprescindível também para que pacientes com doenças crônicas graves possam viver por mais tempo e com mais qualidade, além de ser de vital importância para tratar feridos em situações de emergência ou calamidades.

dia doador de sangue

Doar sangue é simples, rápido e seguro

CRITÉRIOS PARA DOAÇÃO

  • Ter entre 16 e 69 anos (menores de 18 anos de idade precisam de consentimento do responsável legal)
  • Ser saudável
  • Pesar acima de 50 kg
  • Repouso mínimo de 6 horas na noite anterior
  • Evitar alimentos gordurosos antes da doação
  • Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores
  • Apresentar um documento oficial com foto.

 

INTERVALO MÍNIMO ENTRE AS DOAÇÕES

Para os homens é de dois meses; para as mulheres, três meses. Dos 60 até os 65 anos, o intervalo mínimo é de seis meses.

 

QUEM NÃO PODE DOAR

  • Quem teve hepatite A depois dos 10 anos. Se a pessoa teve hepatite antes dessa idade, a doença não é empecilho, porque o vírus é eliminado por completo do organismo
  • Quem  teve hepatite B ou C
  • Os portadores do vírus da AIDS ou de outra doença infecciosa transmitida pelo sangue
  • Diabéticos que usam insulina ou anti-hipoglicemiantes por via oral
  • Mulheres grávidas ou que estão amamentando
  • Pessoas com febre
  • Pessoas com abaixo  de  50kg
  • Pessas com mais de 65 anos
  • Quem teve perda  inexplicada de 10 por cento do peso em um mês
  • Pessoas com epilepsia ou crises de asma
  • Quem tiver se submetido a grandes cirurgias, recebido transfusão, feito tatuagem ou colocado piercing há menos de um ano

Doação de Sangue: MITOS E VERDADES

Doação de sangue salva vidas.

Mas ainda existem muitas dúvidas o procedimento: confira aqui mitos e verdades sobre a doação de sangue:

MITOS

 Idosos não podem doar sangue – MITO

A partir de 2013, houve aumento na idade máxima dos doadores de sangue pelo Ministério da Saúde. Atualmente, pessoas entre 16 e 69 anos podem realizar o ato de doação.

 A doação é restrita a pessoas sem piercing e tatuagem – MITO

Apenas pessoas com piercing na cavidade oral não podem realizar a doação, pois a boca está mais receptiva a infecções do que outras áreas do corpo. Sobre pessoas com tatuagens, é indicada que a doação seja feita após um ano da realização do desenho, pois é o tempo adequado para manifestações de doenças contagiosas que possam ser transmitidas pela agulha.

Doadores estão suscetíveis a doenças transmissíveis via sangue – MITO

Quem doa sangue não corre o risco de se contaminar por doenças transmissíveis pelo sangue. E o doador pode ainda descobrir se, antes de doar, já sofria de alguma doença: o vírus HIV e as Hepatites B e C  são detectados  nos testes feitos no sangue dos doadores. Estes testes têm capacidade de identificar se a pessoa está contaminada mesmo que haja um curto período entre o dia de contaminação e a doação.

 O doador pode realizar o ato a cada 30 dias – MITO

A doação de sangue deve realizada com intervalo mínimo de 60 dias para homens e 90 dias para as mulheres, ou seja, em um período de 12 meses, há possibilidade de doação de até quatro vezes por ano, no caso de doador masculino e três em caso de doadora.

VERDADES

O peso influencia na doação – VERDADE

O peso do voluntário deve ser a partir de 50 quilos.

 Gestantes e lactantes não podem doar – VERDADE

 Mulheres grávidas ou que estejam amamentando não devem doar. As lactantes devem aguardar 12 meses após o parto. No período pós-parto, caso não esteja amamentando,  a mulher poderá ser doadora após 90 dias, em casos de parto normal, e 180 dias,  em casos de cesarianas.

 Descanso e alimentação influenciam na doação – VERDADE

É necessário estar descansado e não ter praticado atividades físicas intensas pelo menos cinco horas antes da doação. Em relação à alimentação, é preciso estar bem nutrido, com refeições prévias leves e sem gordura. Além disso, é proibido o consumo de bebidas alcoólicas até 24 horas antes da doação.

Fonte: Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH)

 

 

Quer doar sangue? Veja os requisitos necessários:

Doar sangue é rápido, simples e pode salvar muitas vidas.

doação sangue1