Posts

ARTIGO: A COVID E O CORAÇÃO

Artigo do Diretor Administrativo do Hospital do Coração, Dr. Nelson Solano, sobre a Covid-10 e o Hospital, publicado na Revista Bzzz.

Pode ser lido também aqui nosso sitte, clique aqui⤵️
https://hospitaldocoracao.com.br/novo/covid-19-e-o-coracao/

A COVID-19 e o CORAÇÃO

Mensagem do nosso Diretor  Administrativo, Dr. Nelson Solano Vale
equipe Hospital do Coração

Parte da nossa brava equipe de guerreiros (foto tirada antes da pandemia)

Hoje, 26 de junho, completamos 4 meses que atendemos o primeiro paciente suspeito de Covid-19 no Hospital do Coração de Natal!! Nesses 120 dias de pandemia na nossa porta, foram muitas transformações, emoções, incertezas e vitórias, mas acima de tudo, muita dedicação e entrega (até mesmo da própria saúde pessoal) dos mil e 59 funcionários do Hospital do Coração de Natal aos mil e 549 pacientes suspeitos ou confirmados com Covid-19 que foram atendidos aqui!
Passamos a viver um dia a dia desconhecido e desafiador, cheio de surpresas, algumas tristes , outras profundamente alegres e reconfortantes: aquele aplauso na hora da alta do paciente compensa todas as noites não dormidas e todos os dias em que não foi possível abraçar o filho. Confesso aqui minha emoção contida no dia da alta do meu amigo e companheiro de aulas no pré-vestibular, Antônio Teófilo, que, após 85 dias de internação por complicações decorrentes da Covid-19, está com sua família no aconchego do seu lar. Chega a ser inacreditável, mas é verdade: “Toinho”, você venceu!! Além da gravidade da doença, o fantasma da dúvida do tratamento, da disponibilidade de responder respirador e de medicamentos!!!
Felizmente, aqui no Hospital do Coração de Natal os setores de suprimentos (Farmácia, Compras etc.)  mantiveram os nossos setores abastecidos com segurança: chegamos a consumir 2 mil e 300  máscaras cirúrgicas por dia e, no período de ocupação máxima das UTIs,chegamos a consumir 923 ampolas de Midazolan por dia, número superior ao que era anteriormente consumido por mês!
Tivemos alguns dos nossos Guerreiros feridos (Soldados e Generais), mas felizmente nenhum abatido. Todos,  logo após sarar as feridas, voltaram para a linha de frente desta batalha inesperada pela Vida!!!
Nada do que foi será como já foi um dia! Ainda temos muito o que fazer! Ainda não vemos a luz no final do túnel, mas como membro desta valorosa equipe profissional, posso afirmar que o pior ficou para trás, pois a nossa capacidade de resistir, inovar e transformar, não tem Limites!

COVID-19: estudo reforça importância do uso das máscaras

Um estudo recente da Universidade de Cambridge, no Reino Unido, oferece novas evidências de que as máscaras podem ser cruciais para evitar uma nova onda de infecções da COVID-19.

COMO SE CHEGOU A ESSA CONCLUSÃO?

O novo Coronavírus é transmitido por meio de gotículas exaladas por pessoas infectadas, principalmente quando se fala, tosse ou espirra. Para o estudo, os pesquisadores usaram modelos matemáticos dos vários estágios de infecção e da transmissão pelo ar e pelas superfícies, analisando diferentes cenários para o uso das máscaras em combinação com medidas de distanciamento.

Os modelos mostraram que, se uma pessoa usa máscara sempre que sai em público, isso é duas vezes mais eficaz para reduzir o risco de transmissão do que quando alguém usa a máscara só depois que tem sintomas. Eles também indicaram que, se pelo menos metade da população usa máscara rotineiramente, o risco de transmissão é reduzido para menos de 1.

No entanto, vale o alerta: o uso da máscara não é suficiente e deve ser combinado com o distanciamento social de pelo menos um metro, lavagem frequente das mãos e evitar tocar no rosto ou na máscara.

Lembrando ainda:  as máscaras de tecido são de uso individual, devem ser  usadas completamente secas, e durante até duas horas –  caso fiquem úmidas antes disso, devem ser trocadas.  E como as máscaras têm que ser trocadas com frequência,  o ideal é cada pessoa ter pelo menos 5 máscaras. Ao sair de casa, leve sempre uma máscara reserva e um saco plástico vazio para guardar a máscara que foi usada.Ao voltar pra casa, descarte o saco plástico em que a máscara usada foi guardada e lave imediatamente as máscaras.

 

 

O CUIDADO COM A SAÚDE NÃO PODE ESPERAR

Em meio à pandemia do novo coronavírus, muitos estão deixando de cuidar da propria saúde com medo de contrair a COVID-19.
O Hospital do Coração de Natal reafirma seu compromisso com a segurança de todos os pacientes, suas famílias e nossos colaboradores.
Porque a gente sabe: o cuidado com a SAÚDE não pode esperar.

DOAÇÃO DE SANGUE E PANDEMIA

Não deixe de doar sangue mesmo durante a pandemia
Não existem substitutos para o sangue e a disponibilidade é essencial em diversas situações e em muitos casos determinante para o sucesso de um tratamento. Pessoas com anemias crônicas, acidentes que causam hemorragias, complicações decorrentes da dengue, febre amarela, tratamento de câncer e outras doenças graves continuam ocorrendo – o consumo de sangue é diário e contínuo.


A Hemorrede brasileira está atuando sob critérios sanitários que levam em conta a necessidade de prevenção ao novo coronavírus. Para receber os doadores, os hemocentros e serviços de hemoterapia – onde também são feitas coletas e uso do sangue – estão preparados. Todos esses serviços estão disponibilizando condições de lavagem de mãos, uso de antissépticos, acolhimento que minimiza a exposição a aglomerado de pessoas e redobrando os cuidados com a higienização das áreas, instrumentos e superfícies.

Seja solidário, doe sangue e salve vidas.

CORONAVÍRUS E TIREOIDE

CORONAVÍRUS E TIREOIDE

Dia 25 de maio se comemora o Dia Internacional da Tireoide e tem início a Semana Internacional da Tireoide (25 a 29 de maio), que tem como tema Coronavírus e Tireoide.

Considerando a pandemia COVID-19 e a procura frequente de informações confiáveis por pacientes e familiares de portadores de doenças tireoidianas, o Departamento de Tireoide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia preparou alguns esclarecimentos:

  1. Os pacientes com doenças de tireoide devem seguir as mesmas orientações do Ministério da Saúde destinadas à população geral, ressaltando-se a necessidade de manter o bom controle, tanto do hipotireoidismo quanto do hipertireoidismo. Se necessário, recomenda-se procurar auxílio do seu endocrinologista para atualizações necessárias.
  2. Pacientes com doenças tireoidianas, como hipotireoidismo ou hipertireoidismo, não fazem parte do grupo de risco para a infecção COVID-19, mesmo se a causa do transtorno for de natureza autoimune, como a tireoidite de Hashimoto e a doença de Graves. Somente se essas condições estiverem descompensadas ou não tratadas é que deve-se procurar um médico.
  3. O tratamento do hipotireoidismo e do hipertireoidismo não deve sofrer nenhuma alteração no caso de contágio com o coronavírus. Recomenda-se que os pacientes mantenham o uso de seus medicamentos e atualizem as medidas de controle clínico, de acordo com as orientações do seu médico.
  4. Nos casos de maior gravidade, em que for necessária a internação hospitalar, é importante que a equipe médica responsável seja informada sobre o tratamento utilizado, com nome e doses dos medicamentos em uso.
  5. Referente aos pacientes com Câncer de Tireoide, a maioria (aqueles tratados com cirurgia seguidos ou não de terapia com iodo radioativo e sem doença ativa) não está no grupo de risco para gravidade da infecção COVID-19 e não necessita de nenhum cuidado adicional referente às medidas de proteção ao contágio da infecção, além das orientações do Ministério da Saúde e/ou de outras autoridades competentes previamente divulgadas à população.
  6. Pacientes com Câncer de Tireoide avançado, com metástases para outros órgãos, especialmente aos pulmões, ou em uso de medicamentos específicos para o câncer (sorafenibe, lenvatinibe, vandetanibe) podem apresentar maior risco para a gravidade da infecção, tanto pela extensão da doença quanto pelos possíveis efeitos adversos dos medicamentos. Esses pacientes devem tomar mais cuidado, manterem o isolamento social, seguirem todas as demais medidas já divulgadas pelas autoridades competentes para pessoas de alto risco e entrarem em contato com seu médico para uma orientação individualizada.

Fonte:  Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

 

 

ATIVIDADE FÍSICA: COMO SE MANTER ATIVO DURANTE A PANDEMIA

 

A atividade física regular beneficia  o corpo e a mente: melhora o funcionamento do sistema imunológico, reduz a pressão sanguínea  alta, ajuda a manter o peso e a reduzir o risco de doenças do coração, derrame, obesidade, diabetes do tipo 2 e diversos  tipos de câncer, além dos   benefícios para a saúde mental,  reduzindo o risco de depressão, declínio cognitivo e demência.

De acordo com a OMS, para os adultos o ideal é fazer pelo menos 150 minutos de atividade de intensidade moderada ao longo da semana (cerca de 30 minutos diários).

Com as academias fechadas e a recomendação de circulação restrita, como se manter ativo e não prejudicar a saúde?

  • Mantenha o sono regular, idealmente 8 horas por noite e evite cafeína a noite, para não interferir na qualidade do sono;
  • Mantenha uma dieta equilibrada e evite a baixa disponibilidade crônica de energia, o que pode prejudicar o sistema imunológico;
  • Adapte o treinamento para as condições atuais – treinos intensos de longa duração devem ser evitados – isso pode piorar a sua imunidade. Manter o corpo ativo, realizando exercícios que você já realiza/realizou na sua rotina de treino é a melhor estratégia;
  • Caso não seja ativo normalmente, opte por atividades de baixa intensidade  e que diminuam o risco de lesões – há muitos aplicativos para atividade física em casa que podem auxiliar no programa de treinamento;
  • Se for se exercitar ao ar livre, mantenha distância física de no mínimo 2 metros das outras pessoas,  lave as mãos antes de sair de casa, ao chegar ao local e assim que voltar para casa (se não for possível lavar, usar  álcool gel) e use máscaras, sempre respeitando  as recomendações dos órgãos locais competentes sobre a circulação ao ar livre, que podem variar entre estados e mesmo cidades

 

  • Procure se movimentar minimamente. Levante-se enquanto estiver assistindo TV, dê uma volta pela casa, faça uma tarefa ativa – qualquer tempo dedicado é melhor do que nenhum exercício. Mexa-se!

 

Fontes: Fiocruz  https://portal.fiocruz.br/

               Portal PBMED https://pebmed.com.br/

MÁSCARAS: COMO HIGIENIZAR

O uso de máscaras em locais públicos  é obrigatório desde o dia 7 de maio em todo o Rio Grande do Norte. Use máscaras de pano, que podem ser feitas em casa, e deixe as máscaras descartáveis para uso dos profissionais de saúde. 

As  máscaras devem ter dupla camada e alguns cuidados são importantes:

 

😷A principal prevenção contra o novo coronavírus continua sendo não sair de casa. Mas, se precisar fazê-lo, respeite a distância social de no mínimo dois metros
😷Ao usar a máscara, tenha cuidado para que ela cubra totalmente a boca e nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.
😷Importante também não é não sair só com uma máscara – ela deve ser trocada após duas horas de uso ou se, antes disso, ficar molhada, pois perde sua barreira de proteção.
😷Ao tirar a máscara, se ainda estiver na rua, higienize as mãos com álcool gel antes de trocá-la por outra. A máscara usada deve ser guardada dentro de um saquinho plástico. Ao chegar em casa, descarte no lixo o saco onde a máscara usada ficou guardada e lave a máscara.
#fiqueemcasa #laveasmaos #usemascara

USO DE MÁSCARAS NO RN É OBRIGATÓRIO A PARTIR DE 7 DE MAIO

O uso de máscaras em locais públicos no RN será obrigatório a partir de 7 de maio. O Decreto do Governo do Estado foi publicado hoje no Diário Oficial do RN.

AS MÁSCARAS DEVEM SER USADAS:

😷 Nas ruas, calçadas, estacionamentos, portarias, recepções, elevadores e demais áreas comuns em condomínios

😷Na circulação de pessoas para fins de trânsito, em carros ou transporte coletivo

😷Na prática de atividades físicas ou em qualquer outro propósito em vias de áreas públicas ou particulares de uso coletivo

Além de pagar multa, quem não obedecer ao decreto pode responder por crime contra a saúde pública.

Já mostramos aqui, mas vale a pena ver de novo a importância do uso das máscaras na proteção da saúde de todos😷

#usemascaras #laveasmaos #fiqueemcasa

VISITA VIRTUAL

Diante da impossibilidade de visitas e acompanhantes para os pacientes de COVID-19 internados em isolamento, a equipe de Tecnologia da Informação do Hospital do Coração elaborou uma estratégia para que os pacientes que estejam lúcidos possam entrar em contato com seus familiares: a visita virtual, feita em tempo real.
A visita virtual pode ser feita uma vez ao dia, através de chamadas de vídeo e áudio, e ajuda a trazer conforto para pacientes e suas famílias neste momento tão delicado para todos.