Mulher feliz é mulher com saúde

saude_mulher

No dia dedicado às mulheres, dicas para prevenir as doenças e manter a saúde feminina em dia:

  • Verificar periodicamente a pressão arterial e as taxas de colesterol: as doenças cardiovasculares são as que mais matam as mulheres. Fazer exames regularmente ajuda a prevení-las e tratá-las, se for o caso.
  • Testar a quantidade de açúcar do sangue: Quando a glicemia (açúcar no sangue) se mantém elevada durante muito tempo, pode aumentar o risco de complicações crônicas associadas com a diabetes. Estas complicações incluem:
  • Doença cardíaca e enfarte
  • Lesões renais
  • Lesões oculares
  • Lesões neurológicas
  • Problemas nos pés
  • Doença do foro dentário
  • Disfunção sexual
  • Consultar o ginecologista  periodicamente: o recomendável é a consulta seja feita ao menos uma vez por ano, caso não haja nenhum sintoma alarmante. Essa frequência possibilita a prevenção primária e também a detecção precoce de possíveis doenças.
  • Fazer mamografia anualmente a partir 40 anos: Quando diagnosticado e tratado ainda em fase inicial, as chances de cura do câncer de mama chegam a até 95%. Tumores desse tamanho são pequenos demais para serem detectados por palpação, mas são visíveis na mamografia.
  • Lavar as mãos: O hábito é a atitude número um na prevenção de doenças como resfriados, além de manter longe outros problemas como infecções por bactérias e outros vírus.
  • Não fumar: O tabagismo é o principal responsável por quase 100% das mortes por câncer de pulmão, 30% das mortes por outros tipos de câncer, 85% dos óbitos por bronquite crônica e enfisema pulmonar, 25% dos óbitos por doenças cerebrovasculares e 45% das mortes por infarto. Quem fuma também tem maior predisposição ao desenvolvimento de doenças como hipertensão arterial, aneurisma, úlceras, infecções respiratórias, trombose, osteoporose, catarata, impotência sexual, infertilidade, menopausa precoce e complicações na gravidez, além de ter menos resistência física.
  • Praticar exercícios físicos: as atividades físicas trazem uma série de benefícios para a saúde e podem reduzir o risco de doenças.
  • Ter alimentação saudável: consuma frutas, legumes, verduras e leguminosas: são ricos em  vitaminas, minerais e fibras. Prefira os alimentos integrais e reduza o consumo de sal, açúcar e alimentos gordurosos
  • Ingerir cálcio: O cálcio ajuda a prevenir a osteoporose. Mulheres com idades entre 19 e 50 anos devem ingerir 1000 miligramas ou comer de 3 a 4 porções de alimentos ricos no mineral (tomado com vitamina D para a absorção) por dia.
  • Cultivar os relacionamentos: ter uma boa rede de amigos e familiares está associado a maior longevidade, enquanto a solidão está associada a riscos de doenças cardíacas.

Repelentes: aprenda como usar

Os repelentes de insetos são uma das maneiras indicadas para nos manter afastados das doenças transmitidas pelo Aedes aegyptis, como a Dengue, Zika e Chikungunya . A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) recomenda os produtos que contenham substâncias ativas com registro na Agência de Proteção Ambiental (EPA): eles são seguros e não causam efeitos adversos nos seres humanos e no meio ambiente. Ao comprar o repelente, não esqueça antes de ler o rótulo para saber qual é a substância ativa e a maneira correta de usá-lo.

Quantas vezes o repelente deve ser reaplicado?
A frequência de aplicação deve ser de acordo com a orientação no rótulo do produto. Aqueles que contém maior porcentagem do ingrediente ativo têm maior duração.

Repelentes podem ser usados em crianças?
Sim. A maioria dos produtos pode ser usada em crianças, desde que respeitadas as recomendações do fabricante e dos médicos. Repelentes de insetos não são recomendados para crianças menores de seis meses.

Repelentes podem ser usado por mulheres grávidas ou amamentando?
Sim. Não há contraindicação do uso para grávidas ou lactantes.

Posso aplicar repelente e protetor solar ao mesmo tempo? Um não afeta o efeito do outro?
Sim. As pessoas podem e devem utilizar o protetor solar e o repelente de insetos quando estão ao ar livre. Atenção apenas na maneira de usar os dois produtos: aplique primeiro o protetor solar e depois o repelente.

Posso usar um único produto combinado (protetor solar + repelente de insetos)?
Não é recomendado usar um produto único que combina repelente de insetos e protetor solar, pois o protetor solar deve ser reaplicado com mais frequência que o repelente, que não deve ser reaplicado mais de três vezes ao dia.

Conheça os tipos de repelentes mais vendidos no Brasil:

DEET
É o repelente mais eficaz atualmente disponível. Quanto maior a concentração da substância, mais longa é a duração da proteção, sem toxicidade relevante. Seguro para crianças e gestantes.
A recomendação feita pela Anvisa no Brasil é que seja usado a partir dos 2 anos de idade, com concentração até 10%. Não deve ser reaplicado mais que três vezes ao dia.

Icaridina
É um repelente derivado da pimenta e fornece proteção de longa duração contra insetos. Existem diferentes concentrações, com maior ou menor duração. A ação é semelhante ao DEET, com aparente maior proteção ao Aedes aegypti, quando comparado ao DEET e IR335. É seguro para gestantes e crianças a partir de dois anos.
O seu uso no Brasil é liberado para crianças a partir de dois anos de idade em concentração de 25%, com período de proteção média de 8 a 10 horas.

IR3535
Repelente sintético usado na Europa há mais de 20 anos. Em concentração de 20%, é eficaz contra Anopheles e Aedes Aegypti, com eficácia em média de 3 horas. Seguro para gestantes e crianças a partir de 6 meses.
Outros repelentes naturais, como citronela, andiroba, óleo de soja, podem ser usados, mas a sua eficácia é baixa.

Produtos que NÃO tem eficácia comprovada como repelentes:
• Pulseiras embebidas em produtos químicos repelentes
• Alho ou vitamina B1 tomado por via oral
• Dispositivos de ultrassom que emitem ondas de som projetadas para manter os insetos longe

Dicas para usar repelentes com segurança

O que DEVE ser feito:
• Leia o rótulo e siga todas as instruções e precauções.
• Use apenas o suficiente para cobrir a pele exposta. Utilizar mais vezes que o recomendado não torna o repelente mais eficaz.
• Ajude aplicar repelente de insetos em crianças pequenas. Supervisione as crianças mais velhas ao usar esses produtos.
• Lave a pele de seus filhos com água e sabão para remover qualquer repelente quando eles retornarem para dentro de casa, e lave as roupas das crianças antes de usá-las novamente.
• Lave as mãos após aplicar o repelente e lave também as mãos do seu filho.

O que NÃO deve ser feito:
• Não aplique repelente de insetos em crianças menores de seis meses.
• Nunca use repelente de insetos diretamente no rosto de uma criança. Em vez disso, borrife um pouco em suas mãos e, em seguida, esfregue-o no rosto de a criança. Evite os olhos, a boca e a região genital.
• Não aplique repelente de insetos em cortes, feridas ou pele irritada.
• Não durma com repelente no corpo.

Aedes: “Dia D” será no sábado (13)

A data foi instituída pelo Governo Federal, por meio do Ministério da Integração Nacional, para que as Forças Armadas possam atuar em conjunto com as autoridades locais de cada estado no enfrentamento ao Aedes aegypti,   transmissor da dengue, chikungunya, febre amarela e zika.

Em Natal, o  ‘Dia D’ de combate ao mosquito será  no bairro de Lagoa Azul, na Zona Norte. O Exército, Aeronáutica e a Marinha também  devem desenvolver ações de conscientização em vários outros bairros da capital, assim como nos municípios de Caicó, Areia Branca e Parnamirim. Serão  3 mil militares envolvidos nessas atividades.

  • E saber a forma correta de eliminar os focos do mosquito é fundamental para prevenção da dengue, Zika e chikungunya. Confira quatro dicas:

mutirão

Chikungunya: confirmados casos em Natal

Dr. André Prudente, infectologista do Hospital do Coração, deu entrevista no telejornal Bom Dia RN, da Intertv, sobre os primeiros casos confirmados da febre Chikungunya em Natal. Confira a entrevista no link:

andré prudente entrevista

http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/bom-dia-rn/videos/t/edicoes/v/infectologista-fala-sobre-primeiros-casos-confirmados-de-chikungunya-em-natal/4781023/

Divulgado resultado da Residência

A Comissão da Residência Médica do Hospital do Coração divulgou o resultado final do processo seletivo para Residência em Cardiologia/2016.

Os candidatos classificados devem efetuar a matricula na Secretaria da Diretoria do Hospital do Coração de Natal, no período de 15 a 19 de fevereiro de 2016.

A Residência em Cardiologia do Hospital do Coração tem duração de dois anos e é aprovada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) do Ministério da Educação (MEC). O programa de Residência/2016 começará no dia 01º de março.

Para conferir o resultado, clique no link abaixo:

RESULTADO FINAL RESIDÊNCIA 2016

Hospital do Coração:dia de aniversário

16 anos hospital

Hoje, 21 de janeiro, o Hospital do Coração completa 16 anos.
E o dia é de agradecer:

– Aos nossos pacientes, que nos procuram para cuidarmos do seu bem maior – a vida – agradecemos a confiança.

-Aos nossos colaboradores, médicos e funcionários, nossa gratidão por fazerem com seu trabalho o Hospital do Coração ser referência em atendimento na área da saúde.

Hospital do Coração – 16 anos especializado em você.

Cuidados ao usar e guardar remédios

DSC_0153

O dia do farmacêutico foi lembrado no Hospital do Coração com palestra proferida pela responsável pelo setor de Farmácia do hospital, Vaneska Paiva. Além de  esclarecer aos funcionários das outras áreas como funciona o setor, a farmacêutica deu informações importantes sobre o papel do farmacêutico,  profissional responsável para orientar sobre o uso seguro e racional dos medicamentos e sobre os cuidados gerais no uso dos remédios. Estas informações também foram repassadas aos acompanhantes dos pacientes internados no hospital, através da distribuição de um folheto elaborado pelo Conselho Regional de Farmácia do RN com orientações sobre os cuidados gerais no uso de medicamentos.

Algumas informações importantes:

  • Guarde os medicamentos nas caixas originais juntamente com as bulas e não misture produtos diferentes na mesma embalagem
  • Não use medicamentos por conta própria
  • Alterações de cor, sabor, odor ou consistência podem indicar que o medicamento não está mais próprio para uso.
  • Não utilize a mesma receita mais de uma vez. O medicamento que foi utilizado anteriormente pode não ser apropriado neste momento
  • Nunca utilize medicamentos fora do prazo de validade
  • Misturar medicamentos sem orientação pode resultar em perda do efeito ou intoxicações

E lembre-se:  medicamentos guardados de forma errada podem perder efeito e colocar sua saúde em risco:  NÃO os exponha a luz solar nem armazene no banheiro ou na cozinha. O armazenamento deve ser feito em local seco, ao abrigo da luz e da variação de temperatura. Medicamentos também não devem ficar ao alcance de crianças e animais domésticos. E se precisar descartar? Remédio vencido NÃO vai pro lixo:  procure o posto de coleta mais próximo, ou entregue num posto de saúde.

 

Palestra dia 20: Dia do Farmacêutico

palestra farmacêutico

O dia do Farmacêutico é comemorado a 20 de janeiro. Para lembrar a data, o setor de Farmácia do Hospital do Coração vai realizar uma palestra amanhã, dia 20 (quarta-feira), às 9 horas, no auditório do Hospital. A palestra é destinada aos profissionais e estudantes da área e também aos profissionais do setor de enfermagem. A entrada é gratuita.

O uso indiscriminado de medicamentos pode trazer sérios riscos a saúde – eles só devem ser tomados sob prescrição médica. Para minimizar as reações adversas, as indicações do médico devem sempre ser seguidas. Respeite as doses indicadas, os horários e a duração do tratamento, e jamais compre remédios seguindo dicas de curiosos :  o farmacêutico é o profissional que pode orientá-lo sobre o uso seguro e racional dos medicamentos.

Provas da Residência serão dia 19/01

As provas objetiva e teórico-prática da Residência em Cardiologia/2016 do Hospital do Coração serão realizadas terça (19), na sede do hospital.

A Residência em Cardiologia do Hospital do Coração tem duração de dois anos e é aprovada pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) do Ministério da Educação (MEC). O resultado final das provas será divulgado dia 29 de janeiro, e o programa de Residência/2016 começará no mês de março.