COVID-19 E DOENÇAS DO CORAÇÃO

Tire suas dúvidas sobre a relação entre a COVID-10 e as doenças do coração assistindo a entrevista do cardiologista Nelson Solano, diretor administrativo do Hospital do Coração, à jornalista Juliana Garcia.

COVID-19: quem fuma tem maior risco de desenvolver sintomas graves

O tabagismo é reconhecido como doença crônica causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco  e é o maior fator de risco evitável de adoecimento e morte no mundo. O tabaco causa diferentes tipos de inflamação e prejudica os mecanismos de defesa do organismo. Por esses motivos, os fumantes têm maior risco de infecções por bactérias, vírus e fungos. Os fumantes são acometidos com mais frequência por infecções como sinusites, traqueobronquites, pneumonias e tuberculose. O consumo do tabaco é a principal causa de câncer de pulmão e importante fator de risco para doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), doenças cardiovasculares e vários outros tipos de enfermidades.

No caso da COVID-19, devido a um possível comprometimento da capacidade pulmonar, o fumante possui mais chances de desenvolver sintomas graves da doença.  Além disso, ao fumar,  a pessoa tem que levar as mãos à boca e caso elas não estejam corretamente higienizadas,  o fumante pode contrair o vírus neste momento. Tabagistas têm ainda seu sistema respiratório prejudicado pelo fumo, e se forem infectados pelo vírus podem ter sua saúde ainda mais ameaçada.

Narguilé e dispositivos eletrônicos para fumar

No uso do narguilé, é comum o compartilhamento das piteiras, expondo os usuários a risco de contaminação e transmissão de várias doenças infectocontagiosas, entre elas a COVID-19. A mesma coisa acontece no caso dos dispositivos eletrônicos para fumar, que são comumente usados por mais de uma pessoa ao mesmo tempo. O narguilé e esses dispositivos contêm tabaco, o que é prejudicial a saúde pulmonar, aumentando o risco do desenvolvimento dos sintomas graves da doença.

Por todas as razões acima expostas, deixar o cigarro pode reduzir o risco de desenvolver a forma mais severa da COVID-19. O que você está esperando para parar de fumar?

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) criou um folheto com orietações para ajudar a largar o cigarro. Clique aqui para ler:   Você está querendo parar de fumar?

Fonte: Instituto Nacional de Câncer   https://www.inca.gov.br/

CORONAVÍRUS E TIREOIDE

CORONAVÍRUS E TIREOIDE

Dia 25 de maio se comemora o Dia Internacional da Tireoide e tem início a Semana Internacional da Tireoide (25 a 29 de maio), que tem como tema Coronavírus e Tireoide.

Considerando a pandemia COVID-19 e a procura frequente de informações confiáveis por pacientes e familiares de portadores de doenças tireoidianas, o Departamento de Tireoide da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia preparou alguns esclarecimentos:

  1. Os pacientes com doenças de tireoide devem seguir as mesmas orientações do Ministério da Saúde destinadas à população geral, ressaltando-se a necessidade de manter o bom controle, tanto do hipotireoidismo quanto do hipertireoidismo. Se necessário, recomenda-se procurar auxílio do seu endocrinologista para atualizações necessárias.
  2. Pacientes com doenças tireoidianas, como hipotireoidismo ou hipertireoidismo, não fazem parte do grupo de risco para a infecção COVID-19, mesmo se a causa do transtorno for de natureza autoimune, como a tireoidite de Hashimoto e a doença de Graves. Somente se essas condições estiverem descompensadas ou não tratadas é que deve-se procurar um médico.
  3. O tratamento do hipotireoidismo e do hipertireoidismo não deve sofrer nenhuma alteração no caso de contágio com o coronavírus. Recomenda-se que os pacientes mantenham o uso de seus medicamentos e atualizem as medidas de controle clínico, de acordo com as orientações do seu médico.
  4. Nos casos de maior gravidade, em que for necessária a internação hospitalar, é importante que a equipe médica responsável seja informada sobre o tratamento utilizado, com nome e doses dos medicamentos em uso.
  5. Referente aos pacientes com Câncer de Tireoide, a maioria (aqueles tratados com cirurgia seguidos ou não de terapia com iodo radioativo e sem doença ativa) não está no grupo de risco para gravidade da infecção COVID-19 e não necessita de nenhum cuidado adicional referente às medidas de proteção ao contágio da infecção, além das orientações do Ministério da Saúde e/ou de outras autoridades competentes previamente divulgadas à população.
  6. Pacientes com Câncer de Tireoide avançado, com metástases para outros órgãos, especialmente aos pulmões, ou em uso de medicamentos específicos para o câncer (sorafenibe, lenvatinibe, vandetanibe) podem apresentar maior risco para a gravidade da infecção, tanto pela extensão da doença quanto pelos possíveis efeitos adversos dos medicamentos. Esses pacientes devem tomar mais cuidado, manterem o isolamento social, seguirem todas as demais medidas já divulgadas pelas autoridades competentes para pessoas de alto risco e entrarem em contato com seu médico para uma orientação individualizada.

Fonte:  Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

 

 

DIA DO ABRAÇO

Hoje, mais do que nunca, queríamos dar um abraço apertado em cada um de nossos funcionários, pacientes e suas famílias.
Na certeza e na esperança de que tudo vai passar em breve, enviamos aqui nosso abraço virtual – de um pouco de nós para todos vocês❤️

ATIVIDADE FÍSICA: COMO SE MANTER ATIVO DURANTE A PANDEMIA

 

A atividade física regular beneficia  o corpo e a mente: melhora o funcionamento do sistema imunológico, reduz a pressão sanguínea  alta, ajuda a manter o peso e a reduzir o risco de doenças do coração, derrame, obesidade, diabetes do tipo 2 e diversos  tipos de câncer, além dos   benefícios para a saúde mental,  reduzindo o risco de depressão, declínio cognitivo e demência.

De acordo com a OMS, para os adultos o ideal é fazer pelo menos 150 minutos de atividade de intensidade moderada ao longo da semana (cerca de 30 minutos diários).

Com as academias fechadas e a recomendação de circulação restrita, como se manter ativo e não prejudicar a saúde?

  • Mantenha o sono regular, idealmente 8 horas por noite e evite cafeína a noite, para não interferir na qualidade do sono;
  • Mantenha uma dieta equilibrada e evite a baixa disponibilidade crônica de energia, o que pode prejudicar o sistema imunológico;
  • Adapte o treinamento para as condições atuais – treinos intensos de longa duração devem ser evitados – isso pode piorar a sua imunidade. Manter o corpo ativo, realizando exercícios que você já realiza/realizou na sua rotina de treino é a melhor estratégia;
  • Caso não seja ativo normalmente, opte por atividades de baixa intensidade  e que diminuam o risco de lesões – há muitos aplicativos para atividade física em casa que podem auxiliar no programa de treinamento;
  • Se for se exercitar ao ar livre, mantenha distância física de no mínimo 2 metros das outras pessoas,  lave as mãos antes de sair de casa, ao chegar ao local e assim que voltar para casa (se não for possível lavar, usar  álcool gel) e use máscaras, sempre respeitando  as recomendações dos órgãos locais competentes sobre a circulação ao ar livre, que podem variar entre estados e mesmo cidades

 

  • Procure se movimentar minimamente. Levante-se enquanto estiver assistindo TV, dê uma volta pela casa, faça uma tarefa ativa – qualquer tempo dedicado é melhor do que nenhum exercício. Mexa-se!

 

Fontes: Fiocruz  https://portal.fiocruz.br/

               Portal PBMED https://pebmed.com.br/

DIA DO TÉCNICO E AUXILIAR DE ENFERMAGEM

20 de maio, dia do técnico e auxiliar de enfermagem
Parabéns a esses bravos guerreiros da saúde ❤️

DIA DO ENFERMEIRO

12 DE MAIO – DIA DO ENFERMEIRO

Hoje e sempre, nossa gratidão e homenagem aos enfermeiros pela dedicação e comprometimento na missão fundamental de cuidar e salvar vidas ❤️

 

Começa 3ª etapa de vacinação contra Influenza

Começa hoje a terceira fase da Campanha Contra Influenza, que vai dos dias 11 de maio a 6 de junho.
A vacina, gratuita, é aplicada nos postos de saúde da rede pública e protege dos vírus causadores de gripes como influenza A(H1N1), A(H3N2) e Influenza B.
Em Natal, para evitar aglomerações nos postos, a terceira fase será dividida em duas etapas.

Se você faz parte do público alvo, compareça aos postos de saúde levando seu cartão de vacinação, lembrando sempre de observar a distância mínima de dois metros e usar máscara.

Proteja-se! 😷

MÁSCARAS: COMO HIGIENIZAR

O uso de máscaras em locais públicos  é obrigatório desde o dia 7 de maio em todo o Rio Grande do Norte. Use máscaras de pano, que podem ser feitas em casa, e deixe as máscaras descartáveis para uso dos profissionais de saúde. 

As  máscaras devem ter dupla camada e alguns cuidados são importantes:

 

😷A principal prevenção contra o novo coronavírus continua sendo não sair de casa. Mas, se precisar fazê-lo, respeite a distância social de no mínimo dois metros
😷Ao usar a máscara, tenha cuidado para que ela cubra totalmente a boca e nariz e que esteja bem ajustada ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.
😷Importante também não é não sair só com uma máscara – ela deve ser trocada após duas horas de uso ou se, antes disso, ficar molhada, pois perde sua barreira de proteção.
😷Ao tirar a máscara, se ainda estiver na rua, higienize as mãos com álcool gel antes de trocá-la por outra. A máscara usada deve ser guardada dentro de um saquinho plástico. Ao chegar em casa, descarte no lixo o saco onde a máscara usada ficou guardada e lave a máscara.
#fiqueemcasa #laveasmaos #usemascara

USO DE MÁSCARAS NO RN É OBRIGATÓRIO A PARTIR DE 7 DE MAIO

O uso de máscaras em locais públicos no RN será obrigatório a partir de 7 de maio. O Decreto do Governo do Estado foi publicado hoje no Diário Oficial do RN.

AS MÁSCARAS DEVEM SER USADAS:

😷 Nas ruas, calçadas, estacionamentos, portarias, recepções, elevadores e demais áreas comuns em condomínios

😷Na circulação de pessoas para fins de trânsito, em carros ou transporte coletivo

😷Na prática de atividades físicas ou em qualquer outro propósito em vias de áreas públicas ou particulares de uso coletivo

Além de pagar multa, quem não obedecer ao decreto pode responder por crime contra a saúde pública.

Já mostramos aqui, mas vale a pena ver de novo a importância do uso das máscaras na proteção da saúde de todos😷

#usemascaras #laveasmaos #fiqueemcasa